sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Pra não dizer que não falei das flores (soterradas)

Eu não ia escrever nada aqui sobre as enchentes em SC. Mas com essa confusão toda, não deu pra escrever nada direito. Como tinha que postar algo pro Duelo de Escritores e eu estava sem tempo, acabei fazendo isso aí em baixo de supetão. E acabou sendo de enchente. Pra não deixar isso aqui parado, estão aí os meus parcos versos de lama sobre Cinismo (mais ou menos).

Escrito na lama
Cinismo é crer que alguém ainda escreva sob as águas.
No entanto, se as águas levam tudo, não podem levar as palavras.
Continuemos, pois, com todo o cinismo do mundo.

2 comentários:

fabioricardo disse...

Cinismo é crer que alguém ainda escreva sob as águas.

JLM disse...

As águas nos levam
As palavras nos levam
Só nós é que não levamos nada.