terça-feira, 13 de abril de 2010

Poesia espanhola


Poesia espanhola


acolhe
no peito a pena
..........[e aperta

até que te verta
um poema entre os seios

5 comentários:

Rodrigo Oliveira disse...

só pq a pequena cobrou uma já tardia atualização. Anda difícil sair algo novo ultimamente...

Tati Plens disse...

nem fale... só frases.

mas se eu começar a escrever algo mais longo só vai sair tcc, tcc, tcc...

mas faz bem exprimir o que passa por dentro em um poema... o difícil é quando é preciso traduzir a si mesma para conseguir contar algo.

Viegas Fernandes da Costa disse...

Cara, muito bom este!
Abraço forte,
Viegas

aboutafool disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Naathi disse...

Ah, mas engenharia toma a sua vida de você de tal maneira que fica difícil de se dedicar a qualquer outra coisa. Em letras ao menos eu poderia trabalhar com algo que me desse um pouco mais de prazer que os cálculos. Nada contra eles, só estressam muito de vez em quando. É, acho que vou realmente acabar me internando. Hehehe! :D

Enfim, devo dizer que sempre que venho aqui acabo me encantando pelos textos, e que você merece cada uma das minhas palavras gentis com relação a eles. (: